A comunicação

A conversa é o meio do qual dispomos a nos fazer entender.

Vídeo – Conversa entre bebês

A comunicação é o processo de transmissão de uma informação de uma pessoa para outra então compartilhada por ambas.

Para que haja comunicação, é necessário que o destinatário da informação a receba e a compreenda.

“A informação simplesmente transmitida, mas não recebida, não foi comunicada”.

Praticar a arte do diálogo é recuperar a dignidade de nossa espécie, que é a única, entre os animais, apta a compreender e ser compreendido.

Dialogar é preciso

Ao comunicar-se o homem:

  • Se experimenta em sociedade;
  • Fica no centro de seu próprio existir;
  • Torna-se corresponsável pelas situações da vida.

O ser humano é um ser social e a linguagem é a forma com que este interage, apreende e transmite com o meio a sua volta.

Vídeo – A história da comunicação

A linguagem acaba por ser um meio criador e transformador do ser humano, indicando assim que as palavras trazem em si possibilidades inúmeras de transformação do ser humano.

A comunicação nos dias atuais

A nossa sociedade em razão de seu dinamismo e necessidade de produção acabou por, em muitos momentos, verbalizar uma fala insensível, retórica e sem significado, não colaborando com a necessidade do homem de refletir sobre o que lhe cerca e sobre si mesmo, e empobrecendo sua própria afetividade para poder atender as exigências do tempo em que vive.

As palavras trazem em si um poder de ser o resgate da reflexão e a sensibilização da pessoa que vive um momento de conflito, de baixa autoestima, de perda de identidade e percepção de quem realmente é, enxergando-se mais em decorrência da situação que vive e perdendo de vista quem realmente é.

A comunicação

A expressão de si mesmo

Palavras podem ensejar a reflexão sobre si mesmo e a percepção da situação em que vive, possibilitar novas decisões, modificar comportamentos…

Enfim, palavras tem poder, portanto, atenção com o que diz e cuidado com a importância que dá ao que ouve.

Há todo um universo de comunicação entre as pessoas para ser explorado.

E quanto mais nos dedicarmos a ele, melhor será a relação entre as pessoas que, na atual conjuntura, parece estar frágil e debilitada, esperando a interferência de todos nós.

Hoje em dia as relações humanas estão cada vez mais difíceis. Com o estresse que vivemos ficamos mais intolerantes conosco e com os outros.

Talvez este seja o momento de refletirmos um pouco mais a respeito dos nossos sentimentos e atitudes.

Influenciados e influenciadores

Para que a comunicação interpessoal seja satisfatória, um elemento de extrema importância é a empatia.

Empatia é colocar-se no lugar do outro e tentar ver com os olhos do outro. Procurar compreender o outro do ponto de vista dele e sem julgamentos.

Muitos fatores dificultam a empatia entre as pessoas. Entre eles:

  • Julgar os outros a partir dos nossos valores;
  • Postura hostil;
  •  Diferenças pessoais.

Relacionamentos saudáveis exigem que estejamos aptos a estabelecer contatos, sem negarmos a nós mesmos, respeitando as diferenças, aceitando limites e tendo consciência de nossas intenções, no momento presente.

Ao comunicar-se com outra pessoa você está compartilhando o seu mundo com esta pessoa.

Quando falamos em comunicação interpessoal, podemos pensar em pontes.

Lembrando sempre que cada qual passeia pelas pontes sem aprisionar ninguém em seu “território” e nem abandonar o seu em detrimento do outro.

Criar pontes entre os corações me parece uma maneira simples de compreender a questão.

Quanto mais pontes criarmos, mais poderemos transitar na vida.

Vídeo – O poder das palavras