Comportamento organizacional e saúde mental

Ao se analisar o comportamento organizacional um tema é de extrema importância: a saúde mental dos colaboradores.

Mas por que a saúde mental dos colaboradores é um fator essencial para o sucesso da organização?

Em relação ao comportamento organizacional, qual a validade desta afirmação?

A validade desta afirmação se baseia em dois indicadores:

  • Motivação, criatividade, inteligência e resiliência são aspectos psicológicos.
  • O ambiente psicológico de uma organização é configurado pelos aspectos psicológicos de seus colaboradores.

A equação se fecha na compreensão de que quanto mais favoráveis forem os aspectos psicológicos dos seus colaboradores, maior será a saúde mental da organização em que ele trabalha.

Sendo assim, favorecer a saúde mental dos colaboradores é investimento!

É investimento porque a simbiose colaborador-organização configura a atuação da empresa e mostra a sua personalidade. Uma empresa que mostra aos seus clientes e mercado que é motivada, criativa, inteligente e que supera obstáculos tem os principais ingredientes da fórmula do sucesso.

Como a organização pode beneficiar a saúde mental de seus colaboradores?

A organização pode beneficiar a saúde mental de seus colaboradores propiciando a eles não apenas empregos, mas também, “atividades significativas”.

Façamos então uma análise mais profunda de como a organização pode oferecer atividades significativas.

O papel da organização na higiene do trabalho

É papel da organização assegurar aos seus colaboradores um local de trabalho que não provoque danos físicos e mentais, afinal, aquele que sai de casa para trabalhar faz isso buscando ganhos e isto é muito mais amplo do que apenas ganho monetário.

As pessoas trabalham não apenas para ganhar dinheiro. O ser humano trabalha para o seu próprio bem estar e para o de sua família, para buscar sonhos, para se relacionar…

A lista é bem grande, mas podemos sintetizar esta lista dizendo que “o ser humano trabalha para se autorrealizar”. Esta ideia é fundamental quando a pauta é comportamento organizacional dentro de uma empresa que vê seu colaborador como um aliado para o sucesso.

Um local de trabalho em que o colaborador corre riscos desnecessários e/ou que é fonte de insatisfação, com certeza, será um local que somente será ocupado por pessoas que visam exclusivamente o ganho monetário e alguém que quer somente dinheiro oferece muito menos do que aquele que busca se autorrealizar.

Portanto, a higiene do trabalho envolve as condições que são oferecidas aos colaboradores tanto no sentido de assegurar a sua saúde física como também a sua saúde mental.

Atividades significativas

A organização que enxerga seu colaborador como máquina não pode exigir que ele ofereça mais do que uma máquina.

Máquinas não pensam, não se motivam, não se relacionam, não tem ideias criativas…

Os colaboradores são a alma da organização!

O colaborador que vê seu trabalho como uma atividade significativa e que é reconhecido na organização como um ser humano tem motivos para se levantar todos os dias e se dirigir ao seu local de trabalho que estão além do ganho monetário.

A organização que oferece ao seu colaborador uma atividade significativa e não apenas uma lista obrigatória de afazeres está investindo na alma da empresa.

Não esperar de seu colaborador apenas o seu funcionamento mecânico faz com que ele se sinta alguém e não algo.

Desafiar o colaborador a ser humano é muito mais sábio do que limitá-lo a ser máquina. Máquinas são feitas para serem específicas e o específico é limitado. Seres humanos possuem capacidades ilimitadas.

O valor de dar valor

Tudo com que o ser humano tem contato ele atribui valor.

O valor que o ser humano atribui a qualquer coisa depende do significado que ele confere à coisa.

Portanto, se algo se apresenta ao ser humano como algo bom, agradável ou importante será qualificado por ele como algo valioso.

O colaborador qualifica a organização em que trabalha pelo que ela lhe oferece e não somente pelo que lhe é oferecido concretamente que é o dinheiro.

O colaborador qualifica a organização em que trabalha pelo que ela lhe oferece subjetivamente, como: reconhecimento, respeito, possibilidade de sonhar e tantas outras coisas.

Ninguém consegue se autorrealizar com baixa autoestima! Se a organização não enxerga o colaborador como alguém valoroso como ele sentirá satisfação em estar ali?

E a contrapartida é inevitável: se ele não é visto como valoroso pela organização como ele dará valor à organização?

Por tudo isso, a saúde mental dos colaboradores é um fator essencial para o sucesso da organização.

Investir na saúde mental dos colaboradores é estratégia para o sucesso. A  organização que faz isso merece palmas pelo seu bom comportamento organizacional.

Paulo Rogério da Motta

http://www.paulorogeriodamotta.com.br