Conflito no ambiente de trabalho

O homem é um ser que além da luta pela sobrevivência luta também em sua convivência.

O homem procura sentido para a sua existência, por isso toda vida humana é uma busca de significados.

O ambiente de trabalho é um ambiente social.

Os ambientes sociais com suas relações humanos são também o palco dos conflitos do ser humano. Portanto, o bom profissional é aquele que sabe conviver com o(s) outro(s).

O conflito no ambiente de trabalho surge das divergências de percepções (modo de ver) e ideias (modo de pensar).

Não há processos unilaterais na interação humana: tudo que acontece no relacionamento interpessoal decorre de duas fontes: eu e o (s) outro(s). O conflito é a divergência do eu com o(s) outro(s).

Relações saudáveis

Harmonia e trabalho em equipe é imprescindível para o homem que é um “ser social”.

Querendo ou não, sabendo-se ou não, estamos constantemente interagindo com o outro.

Estamos influenciando e sendo influenciados a todo o momento.

Semeie o que você quer colher.

Que tipo de influência você exerce na vida?

Vídeo – Os sapos

Quando o relacionamento interpessoal é harmonioso e prazeroso permite o trabalho cooperativo, em equipe, com integração de esforços, conjugando as energias, conhecimentos e experiências para um produto maior que a soma, ou seja, a sinergia.

Nas boas relações interpessoais existirão:

  • Empatia (Sensibilidade Social)
  • Relações Interpessoais
  • Flexibilidade de Comportamento
  • Repertório de Condutas

Assim, apenas cumprir a rotina profissional (tarefas e exigências do cargo) não faz de ninguém um bom profissional se o “profissional” não atender o requisito de saber viver de maneira saudável no seu ambiente profissional.

Essência e Aparência

Mais do que parecer ser é preciso ser um bom profissional.

Em muitos momentos da vida olhamos somente o superficial das situações e não percebemos a essência que cada experiência da vida pode proporcionar.

As situações de cada dia, inclusive as da vida profissional e social, podem ser vistas como possibilidades de luta ou como passos de um caminho de respeito e de busca de paz.

Gandhi: “Ao rejeitar a espada, não tenho senão a lâmina do amor para oferecer àquele que investiu contra mim. É ao oferecer-lhe esta lâmina que espero sua aproximação”.

Vídeo – Cinco macacos

O diagnóstico do conflito no ambiente de trabalho

Perguntas a serem feitas numa situação de conflito no ambiente de trabalho:

Razões subjacentes

O que me motiva a entrar em conflito?


Grau de extensão

Onde pretendo chegar com este conflito?


Intensidade ou importância quanto às consequências

Por que este conflito é importante para mim?


Contexto grupal ou organizacional

O que este conflito pode gerar em meu grupo?


Motivação dos oponentes

O que motiva o outro neste conflito?


Se você está numa situação conflituosa em seu ambiente de trabalho uma reflexão deve ser feita:

Você está no lugar que escolheu estar, mas… Sua escolha de estar neste lugar faz bem ao lugar em que você está?

Stephen R. Covey: “Assuma pequenos compromissos e seja fiel a eles, seja um guia, não um juiz, seja um modelo não um crítico, seja parte da solução, não parte do problema.”.

Conflito no ambiente de trabalho

O clima social

Em um grupo é preciso criar o clima de calma, cooperação e compreensão mútua e isso não implica na obrigação de todos serem amigos de todos, pois amizade além de ser uma escolha pessoal requer outros ingredientes.

Mas no ambiente “profissional” todos que compõem o grupo de “trabalho” têm a “obrigação profissional” de agir como uma parte harmoniosa e saudável do todo.

Proativo e Reativo

A pessoa pode escolher ser proativo ou reativo em suas relações sociais.

Proativo

Age de acordo com seus valores, cuidadosamente pensados, selecionados e interiorizados.

Frases utilizadas por alguém proativo:

  • Não há nada que eu possa fazer
  • Sou assim e pronto
  • Eu quero assim e pronto
  • Ele (a) me deixa louco (a)
  • Eles nunca vão aceitar isso
  • Tenho que fazer isso
  • Não posso
  • Eu preciso

Reativo

Reage de acordo com o movimento externo (sentimento, circunstâncias, condições e ambiente).

Frases utilizadas por alguém reativo:

  • Vamos procurar alternativas
  • Posso tomar outra atitude
  • Posso controlar minhas emoções
  • Vou respeitar sua opinião e visão
  • Vou pensar sobre isso
  • Eu escolho
  • Eu prefiro
  • Eu vou fazer

A pessoa proativa busca:

  • Ser equilibrado nas preocupações pessoais.
  •  Melhorar a capacidade de observação;
  •  Ser flexível;
  •  Tratar com paciência e compreensão a todos;
  •  Respeito e cooperação com os colegas;
  •  Ser simpático e prestativo;
  •  Desenvolver a iniciativa e a criatividade;
  •  Ser discreto e perspicaz;
  •  Desenvolver o senso de responsabilidade;
  •  Ser humilde.

Conflito no ambiente de trabalho

A Atitude Essencial

A atitude baseada na essência gera o respeito, a fraternidade, a paz, a amizade, a unidade.

A fuga ou desprezo da essência gera o desrespeito, a ausência de paz interior, a atitude egoísta, o conflito, o vazio existencial.

Ao não percebermos a essência de cada coisa e de cada um enxergamos e valorizamos apenas a aparência que é o lado mais pobre de cada coisa e de cada um.

Autoconhecimento e empatia são ingredientes para o relacionamento saudável consigo e com o(s) outro(s).

O autoconhecimento propicia o melhor conhecimento de si mesmo e é caminho para lidar com seus próprios conflitos interiores.

A empatia, por sua vez, propicia a melhor compreensão do outro e propicia interpretar o outro pelo que ele é e não pelo que se desejaria que ele fosse.

Enfim, somos responsáveis pelo nosso sucesso, nossa felicidade, pela maioria das coisas que nos acontece.

Oliver Wendell Holmer: “O que se encontra atrás de nós e o que se encontra à frente são problemas menores, comparados com o que existe dentro de nós.”.

Vídeo – Reach

Deixe uma resposta