Criatividade, a atividade de criar

Criatividade vem do latim Creare que significa “dar existência, sair do nada, estabelecer relações até então não estabelecidas pelo universo do indivíduo, visando determinados fins”, quer dizer, no momento criativo está muito presente o “sair do nada”, a imaginação.

O desafio dos copos

O desafio: arrumar os copos de modo que os copos cheios e vazios se alternem. Contudo, você deve fazer isto movimentando apenas um único copo.

Veja a resposta no final do artigo.

Criatividade - Copo 1

Ser criativo

Criatividade hoje é a habilidade de gerar ideias que não seguem o caminho da conformidade ou do que é convencional utilizando-se da melhor forma possível de recursos disponíveis no momento.

É sempre importante sairmos da zona de conforto, do caminho da conformidade, do convencional para conseguirmos criar.

Trabalhar com a criatividade nos faz pensar e agir de forma diferente, nos traz melhores resultados em nossas ações.

Se você quer fazer a diferença aprenda a usar o dom que faz parte da natureza humana: a criatividade.

Treine para ser criativo, elabore novos hábitos, quebre preconceitos. Procure novos caminhos.

Agora um vídeo criativo para inspirar!

Espírito criativo

Excertos do livro: O espírito criativo; de Daniel Goleman, Paul Kaufman e Michael Ray.

O espírito criativo é mais que um lampejo ocasional ou um desabrochar da fantasia; quando ele desperta, anima toda uma maneira de ser: uma vida repleta de desejos de inovar, de explorar novas formas de fazer as coisas, de transformar sonhos em realidade.

Não importa quem você seja, o espírito criativo pode entrar na sua vida. Está à disposição de qualquer um que se disponha a ousar, explorar novas possibilidades, melhorar as coisas.

Os momentos criativos são importante para tudo o que fazemos, em todas as esferas da vida: relacionamentos, família, trabalho, comunidade.

Ao adotar uma nova postura em relação ao que fazemos – e essa nova postura funciona, usamos a nossa criatividade.

Quando vamos além das formas tradicionais de resolver problemas, obtendo um sucesso capaz de influenciar outras pessoas, nossa criatividade assume uma dimensão social importantíssima.

A atividade de criar

A criatividade pode ser estimulada.

É possível criar as condições necessárias para o desenvolvimento da capacidade: a vontade de surpreender, a coragem de derrubar barreiras intelectuais, a confiança de ser capaz.

Ou seja, para ser criativo não é necessário se ter o dom, o mais importante é ter uma atitude criativa.

Muitas vezes não implantamos nossas ideias por receio da opinião alheia. Claro que nem todas as suas ideias serão geniais, mas acredite: só acerta quem tenta.

Acredite em suas ideias e em si mesmo.

É importante perceber que a criatividade acaba por determinar como você quer viver, pois há duas formas de atuar na vida:

  • Ou você é uma pessoa criativa;
  • Ou você é uma pessoa condicionada.

Neste contexto a criatividade está intimamente ligada com a liberdade.

O que a criatividade pode fazer à nossa volta é nos ajudar a ver um sentido novo naquilo que todos veem como algo comum.

O melhor da nossa criatividade está em achar um contexto novo para potencializá-la. Por isso, é importante perceber como a nossa mente se condiciona a ver os contextos que nos são dados.

Pessoa criativa é aquela que diante de problemas ou de oportunidades foge dos esquemas mentais mecânicos e procura alternativas inusitadas, novas.

Pessoa criativa é aquela que utiliza o pensamento divergente (consegue ir a várias direções).

Ideias boas podem ser ideias simples

Um caminhão que, por ser alto demais, ficou preso na entrada de um túnel. Especialistas passaram horas procurando uma maneira de tirar o caminhão dali, porém, sem sucesso.

Então surge uma menina de 10 anos de idade e sugere que os pneus do caminhão fossem esvaziados. Deu certo !

A natureza criativa do ser humano

criatividadeA criatividade faz parte da natureza humana o que nos leva a associá-la com o nosso “EU VERDADEIRO”.

Dessa forma explorar a própria criatividade permite-nos um contato com a nossa essência e este é o processo do autoconhecimento.

Ao ser criativo entramos em contato com nós mesmos.

Teste de Loucura (Criatividade) – Autor: Marco Fabossi

Durante a visita a um hospital psiquiátrico, um dos visitantes perguntou ao diretor:

– Qual é o critério pelo qual vocês decidem sobre quem precisa ser hospitalizado aqui?

O Diretor respondeu:

– Nós enchemos uma banheira com água e oferecemos ao doente uma colher, um copo e um balde. Aí então pedimos que a esvazie. De acordo com sua decisão em como esvaziar a banheira, nós decidimos se o hospitalizamos ou não.

– Ah, Entendi – disse o visitante – uma pessoa normal certamente usaria o balde, que é maior que o copo e a colher.

– Não – respondeu o diretor – uma pessoa normal tiraria a tampa do ralo. O que o senhor prefere? Quarto particular ou enfermaria?

Solução do desafio dos copos

Pegue o segundo copo cheio, despeje seu conteúdo no quinto copo (contando da esquerda para a direita) e retorne o copo 2 ao seu lugar.

Criarividade - Copo 2