A motivação nossa de cada dia


A palavra motivação, deriva do latim “movere” (mover), indica um estado psicológico caracterizado por um elevado grau de disposição ou vontade de realizar uma tarefa ou perseguir uma meta.

Sendo assim, a motivação é um processo ativo, intencional e dirigido a uma meta. A partir disto, podemos dizer que mover-se em direção a um objetivo é estar motivado.


Motivação e Autoconhecimento

A motivação é um processo de autoconhecimento, em que precisamos saber aonde queremos chegar e conhecermos intimamente nossas preferências, crenças e valores  para não sermos levados para atalhos indesejados devido às influências externas.

A motivação consiste em um processo que depende da direção, intensidade e persistência dos esforços de uma pessoa para alcançar determinado objetivo.

  • Direção: onde focar o comportamento.
  • Intensidade: representa o esforço que a pessoa aplica na direção definida.
  • Persistência: significa quanto tempo a pessoa consegue manter seu esforço. Uma pessoa motivada tende a persistir no comportamento até que seu objetivo seja plenamente alcançado.

Sendo assim, motivação é igual a direção + intensidade + persistência.

Motivação

Motiva ⇒  a ⇒  ação

E

Emoções Impulsionam as Pessoas

E

Emoções influenciam na percepção dos fatos

Eis porque o autoconhecimento é essencial para a compreensão do que lhe move na vida, afinal, suas emoções e percepções são determinantes em suas ações no mundo.


Motivação, motivo e necessidade

Portanto, motivação precisa de um motivo.

A motivação nossa de cada dia

MOTIVO – é uma necessidade que atua sobre a pessoa e a faz movimentar-se ou agir.

MOTIVAÇÃO – é uma inclinação para a AÇÃO que tem origem em um motivo.

Desta forma, NECESSIDADE gera MOTIVO.

E existem diversos tipos de necessidade. Existem necessidades:

  • Físicas
  • Sociais
  • Emocionais
  • Mentais
  • Espirituais

Há necessidades que são comuns a todos, como a necessidade de se alimentar e de preservar a vida. Mas existem também as necessidades humanas que são particulares e, portanto, o que é necessário para um pode não ser necessário para outro.

Novamente a necessidade de autoconhecimento se mostra vital! Como se motivar sem reconhecer as necessidades que se tem?

Motive-se então a se conhecer ainda mais!

Descubra quais são suas necessidades essenciais e encontre seus motivos para caminhar na vida! Esta é a forma para você caminhar por caminhos que seus pés querem pisar.

Comece agora!

Paulo Rogério da Motta


Veja também…

Vídeo: Mensagem – Vida