O Zodíaco


Curiosidades sobre o Zodíaco e suas divisões em grupos, origem da expressão e suas influências.

Uma viagem pelas estrelas no Euniverso.

Artigo baseado na obra: A sorte revelada pelo horóscopo cabalístico, de F. Valdomito Lorenz.

O Zodíaco

Os astrônomos para distinguirem as estrelas na abóboda celeste classificam-nas em grupos que são as constelações.

As constelações, por sua vez, são classificadas em austrais, boreais e zodiacais.

Na astrologia são consideradas principalmente as constelações zodiacais como influenciadoras do destino e do comportamento humano.

As constelações zodiacais são doze grupos de estrelas e estão divididas ao longo do movimento circular que a Terra empreende em sua revolução anual.

Assim, o círculo do zodíaco é dividido em 360 graus cabendo 30 graus para cada constelação zodiacal (360 / 12 = 30).

Desta forma temos os 12 signos zodiacais.

A expressão “zodíaco” deriva da palavra Zoé que significa vida e/ou também da expressão Zôon que significa animal.

Desta forma, zodíaco representa o “círculo da vida” ou o “círculo de animais”.

No movimento anual da Terra o Sol a cada mês, na quarta semana, entra um novo signo:

  • Áries em 22 de março
  • Touro em 21 de abril
  • Gêmeos em 21 de maio
  • Câncer em 21 de junho
  • Leão em 22 de julho
  • Virgem em 23 de agosto
  • Libra em 23 de setembro
  • Escorpião em 23 de outubro
  • Sagitário em 22 de novembro
  • Capricórnio em 22 de dezembro
  • Aquário em 21 de janeiro
  • Peixes em 20 de fevereiro

Os signos de: Áries, Gêmeos, Leão, Libra, Sagitário e Aquário são chamados signos positivos ou masculinos.

E os signos de: Touro, Câncer, Virgem, Escorpião, Capricórnio e Peixes de signos negativos ou femininos.

Os signos também são divididos de acordo com os quatro elementos que constituem a natureza:


Ígneo ou signos do fogo

Áries, Leão e Sagitário

São quentes, secos, associados à substância espiritual.

Aumentam a energia física, desenvolvem a ambição e capacidade inovadora.

Possibilitam espiritualidade, honras e eloquência.

A influência negativa dos planetas nestes signos podem causar inflamações, febres e queimaduras.


Térreo ou signos da terra

Touro, Virgem e Capricórnio

São frios e secos e associados à substância física e também ao temperamento nervoso.

Potencializam a religiosidade, a organização e a obstinação.

A influência negativa dos planetas nestes signos podem causar tumores, cirros e fibromas.


Aéreo ou signos do ar

Gêmeos, Libra e Aquário

São quentes e úmidos e associados à substância mental.

Signos de temperamento sanguíneo e que se caracterizam pela amizade, igualdade, inteligência e faculdades mentais.

A influência negativa dos planetas nestes signos podem causar quedas, sufocamentos e asfixia.


Aquático ou signos da água

Câncer, Escorpião e Peixes

São frios e úmidos e associados à substância astral.

São signos de temperamento fleumáticos e com características ligadas às impressões, e às sensações vivas.

A influência negativa dos planetas nestes signos podem causar inchações, edemas e hidropisia.


Veja também…

Vídeo: Zodíaco surrealista de Johfra