Viver é fazer escolhas!


Por vezes podemos nos sentir indefesos diante da vida e sem a possibilidade de escolher as situações que queremos viver.

Uns sentem a chuva, outros apenas se molham. (Bob Dylan).

Viver é fazer escolhas

Mas se não podemos escolher as situações que queremos viver na vida, podemos sempre escolher como nos posicionar diante de qualquer situação.

Ser um bom pai ou mãe é uma questão de escolha.

Persistir ou desistir é uma questão de escolha.

Viver é fazer escolhas!


Fazer escolhas com significado

Encontrar significado para ser um bom pai ou uma boa mãe depende de se considerar se tal papel é um fardo ou uma benção.

Persistir em alguma coisa dependerá do significado que é dado a esta coisa.

Porém, muitas vezes, esquecemos quem somos e o que queremos quando estamos vivendo um momento difícil.

Ficamos mergulhados em nossos problemas e em nossas dificuldades e fazemos do momento ruim um espelho de nós mesmos.

Nossos olhos ficam voltados para o obstáculo e deixamos de nos enxergar.

Tudo fica sem sentido e perdemos o significado de quem somos.

Algo parecido com colocar a mão próxima dos olhos e tamparmos o céu e nesse instante o céu que é infinito fica escondido pela palma da nossa própria mão.

Nessa hora reduzimos tudo ao obstáculo e esquecemos quem somos, esquecemos nossos sonhos e objetivos, esquecemos da força que há em cada um de nós e do quanto somos especiais, únicos, e não há exagero em dizer: o quanto somos incríveis e maravilhosos.

Viver é fazer escolhas

Buscar ser feliz dá trabalho

  • Quantas pessoas passaram pela sua vida e te magoaram?
  • Quantos passarão pela sua vida só para roubar sua energia?
  • Quantos estarão realmente preocupados com você?

A questão é como você vai encarar essas situações.

Como ficarão seus projetos? Eles resistirão às amarguras e desacertos do dia a dia?

Renunciar, chorar, aceitar a derrota é mais simples pelo simples fato de que não nos obriga ao trabalho.

E ser feliz dá trabalho!

Ser infeliz é extremamente simples! Não é preciso fazer nada para ser infeliz!

E há que se ampliar o próprio conceito de felicidade! Pois até mesmo a tristeza é um dos ingredientes da felicidade.

Ser feliz é questão de persistência, de lutas diárias, de encantos e desencantos.

Ser feliz vai muito além da realização de desejos.

Ser feliz envolve satisfação com quem você é.

Viver é fazer escolhas

Viver é fazer escolhas

Viver é fazer escolhasViver é fazer escolhas e cada vez que escolhemos alguma coisa abrimos mão de outra coisa.

Ao se escolher sair de casa se abre mão de ficar em casa.

Ao se escolher fazer algo agora se abre mão de fazer todas as outras coisas neste agora.

Mas confundimos felicidade com perfeição! Confundimos perfeição com ter tudo!

E o ser humano é imperfeito e incompleto e a imperfeição e a incompletude fazem parte do seu caminho.

A boa notícia é que a imperfeição é a matéria prima a ser moldada para se fazer de si uma obra de arte da vida.

Mãos à obra!

Viver é fazer escolhas!

Esculpir, lapidar, polir, sonhar e caminhar são escolhas!

A vida é um caminho! Pé na estrada!

Paulo Rogério da Motta


Veja também…

Vídeo: Mensagem – Vida